Entenda como harmonizar vinho com comida

25 nov, 2021 | Dicas | 0 Comentários

Tudo fica melhor com uma taça de vinho, principalmente uma boa refeição. No entanto, harmonizar a bebida com diferentes pratos pode parecer um desafio ou um trabalho somente para sommeliers. O receio é compreensível, mas aqui no blog vamos te ensinar que essa combinação é mais simples do que parece.

Basicamente, há dois tipos de harmonização: por semelhança e por contraste. E para você mandar bem naquele jantar especial, selecionamos algumas dicas para não ter erro na hora de escolher o vinho para harmonizar com a comida. Entendendo estas regras básicas, o sucesso é certo. Confira!

 

Harmonização por semelhança

Para harmonizar por semelhança basta combinar o peso do vinho com o peso da comida. Na escala vinífera, temos a seguinte ordem, do mais leve ao mais pesado: espumantes, brancos, rosés, tintos leves e tintos encorpados. Uma forma rápida de identificar o corpo do vinho é conferir a coloração. Quanto mais escuro, mais pesado. 

Entender essa escala é fundamental para fazer boas combinações. Por exemplo: um prato leve, como uma salada, vai muito bem com espumantes. Ou então, peixes mais leves, como tilápia, harmoniza com vinhos brancos. Já peixes mais gordurosos, como o salmão, caem perfeitamente com rosês.

Quando se trata de tintos, em geral, eles combinam com carne. No entanto, para a harmonização ser um sucesso, é importante ficar atento ao corpo do vinho. Os mais encorpados, como os produzidos com as uvas cabernet sauvignon e malbec, combinam mais com carne vermelha. Já os tintos mais leves, como os das uvas pinot noir e gamay, vão bem com frango. 

 

Harmonização por contraste

Como o próprio nome diz, esse tipo de harmonização tem como base o equilíbrio de sabores diferentes, como o doce e o salgado. Um bom exemplo é a combinação de queijos azuis, como gorgonzola, e vinhos doces, como o do Porto.

Em linhas gerais, na harmonização por contraste, comidas gordurosas combinam com vinhos ácidos como aqueles produzidos com as uvas Sangiovese, Barbera e Nebbiolo. 

Já os taninos presentes nos tintos encorpados não caem bem nos pratos muito salgados. Isso porque os taninos são responsáveis por aquela sensação de secar a boca e, quando a comida é muito salgada, a experiência pode se tornar demasiadamente amarga.

Uma boa dica para pratos mais salgados é contrastar com rótulos naturalmente mais doces como os da uva Primitivo, por exemplo. Tenha em mente que para esse tipo de harmonização os opostos se dão bem.

 

Os três elementos importantes para harmonizar vinho com comida

Agora que já explicamos os tipos de harmonizações, vale entender elementos básicos da culinária que são amigos e inimigos do vinho. 

Acidez – pratos com acidez mais marcante, massas com molho de tomate, por exemplo, combinam com vinhos que têm a mesma acidez ou um pouco mais. Dessa forma, o vinho se torna mais frutado.

Açúcar – Pratos muito doces não combinam com vinhos muito secos. Na hora da sobremesa, quanto mais doce for o vinho, melhor. 

Picância – comidas apimentadas e condimentadas podem reforçar o álcool do vinho. Por isso, prefira rótulos com teor alcoólico baixo (10,5% ou 11%) e com boa acidez. Pratos tailandeses, ou orientais picantes, vão muito bem com Chardonnay ou com espumante. Ambos possuem acidez e deixam o paladar mais fresco.

 

Hora de colocar em prática

Viu como é mais simples do que parece? Harmonizar vinho com comida é uma das coisas mais gostosas de fazer. E quando a harmonização é bem feita, a experiência é ainda mais especial porque vai evidenciar os sabores do prato e da bebida.

Aproveita que agora você já sabe o básico sobre uma boa harmonização e faça algumas das nossas receitas deliciosas disponíveis aqui no blog. Mas lembre-se: não se prenda a regras e nem tenha medo de se aventurar. Mergulhe nessa experiência sensorial. Saúde e bom apetite! 

Conheça a nossa Revista Sabor Saudável | Acesse agora | Ceraflame

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Arroz e feijão: a mistura brasileira que amamos!

  O arroz e feijão são indiscutivelmente a dupla mais icônica da culinária brasileira e suas origens remontam a séculos de história e tradição. O arroz é cultivado há milênios em várias partes do mundo, com registros de seu cultivo desde a Antiguidade na Ásia,...

RECEITA: Risoto Primavera

Prepare uma refeição rápida e nutritiva com apenas uma panela! O risoto primavera é uma delícia e vai encantar a todos com o seu sabor!

Orgulhosamente produzido por nós para WALT DISNEY

  Nos anos 90, a nossa empresa encantou colecionadores e fãs da Walt Disney ao lançar uma linha especial de canecos inspirados nos adoráveis personagens do mundo mágico de Walt Disney. Esses canecos, verdadeiras relíquias para os aficionados por colecionáveis,...

RECEITA: Spaghetti de cenoura com ervilhas e tomatinho cereja

Bem-vindos ao universo de sabor e saúde da Ceraflame! Em nossa jornada culinária de hoje, estamos trazendo uma receita simplesmente irresistível: Spaghetti de cenoura com ervilhas e tomatinho cereja. Na Ceraflame, sabemos que momentos em família são preciosos, e é por...

Chimarrão: consumo saudável, cuia certa e benefícios para sua saúde!

Os Inúmeros Benefícios do Chimarrão para a Saúde: Descubra a Opção Saudável com Ceraflame No coração do sul do Brasil, o chimarrão é mais do que uma simples bebida; é um símbolo de convívio, tradição e, surpreendentemente, de saúde. Esta infusão de erva-mate,...

Tipos de sal: qual o mais indicado para consumo?

O sal é um dos condimentos mais antigos e amplamente utilizados pela humanidade, tendo uma história rica e fascinante que remonta a milhares de anos. Além de seu papel na culinária, o sal desempenhou um papel significativo na economia, religião e saúde ao longo dos...

A História da Manteiga: Origem, Curiosidades e Benefícios para a Saúde

A manteiga é um alimento rico em tradição e sabor, presente em diversas culturas ao redor do mundo ao longo da história. Com uma história fascinante que remonta a milhares de anos, a manteiga tem desempenhado um papel significativo na culinária e na saúde humana....

Receita de cuscuz paulista para fazer em casa

Você gosta de cuscuz? Hoje a Ceraflame vai te ensinar a fazer em casa uma deliciosa receita de cuscuz paulista. Para quem gosta de apostar em novidades na cozinha, a receita de cuscuz é uma ótima opção. Leva apenas 30 minutinhos para ficar pronta e rende 5 porções...

Delicie-se com um Pudim de Tapioca Irresistível!

  Se você está procurando uma sobremesa que vai surpreender seu paladar e encantar seus convidados, o Pudim de Tapioca é a escolha perfeita! Com um sabor único e uma textura incrivelmente cremosa, esta receita, servida com as cerâmicas da Ceraflame, é uma...

Inovação em Cerâmicas Refratárias na Home & Gift 2024: panelas “saudáveis” e livres de metais pesados são destaque em grande evento do setor de presentes e mesa posta

A Ceraflame (marca catarinense) tem um mix de produtos cerâmicos 100% atóxicos, que não contaminam os alimentos com metais pesados durante o seu preparo e garantem mais saúde aos consumidores A Ceraflame, marca catarinense com quase sete décadas de tradição no mercado...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *